terça-feira, 30 de outubro de 2018

"O papel da Europa para consolidação das democracias" - Palestra

O eurodeputado Nuno Melo esteve hoje na nossa escola para nos falar sobre "O papel da Europa para consolidação das democracias".

Começou por falar sobre a formação da União Europeia, do seu papel para corrigir diferentes assimetrias na Europa, para manutenção da paz no continente e defesa dos direitos e liberdades dos cidadãos europeus. O senhor deputado europeu realçou que a beleza da Europa está na sua diversidade e na "personalidade coletiva dos povos" que a compõem. Falou também da ascensão dos extremismos que está a enfraquecer as democracias e a criar problemas reais e cisões profundas que poderão pôr em causa o projeto da  União Europeia. Como muito bem frisou o nosso convidado, em diferentes momentos da intervenção, "Estamos a ser vítimas do nosso sucesso" que poderá vir a ser desagregador desta união de povos diferentes, cada qual com as suas idiossincrasias, que se agregaram num projeto político comum, a UE. O palestrante lembrou os diferentes resultados eleitorais na Europa e fora dela, nos últimos tempos, e apelou aos alunos presentes para o seu papel, no futuro, na defesa de uma Europa pacífica e próspera. É fundamental perceber as sondagens e o papel das redes sociais no sentido de voto dos cidadãos, por isso os alunos devem ser preparados na escola para terem um pensamento crítico.
Parafraseando as palavras do deputado europeu Nuno Melo, a Europa será o que as novas gerações quiserem que ela seja. Lembrou ainda através das palavras de François Mitterrand que "O Nacionalismo é a Guerra". Há muito trabalho a fazer com as gerações mais jovens dentro e fora da escola.
Os nossos agradecimento ao senhor eurodeputado Nuno Melo pela brilhante palestra e pelos desafios lançados aos estudantes do ensino secundário, acompanhados pelos seus professores de diferentes disciplinas. Agradecemos também aos alunos pelas questões pertinentes que colocaram, enriquecendo o evento e ajudando a refletir sobre questões ambientais, sociais, económicas e educacionais que nos dizem respeito a todos. Foi um momento alto na formação dos nossos jovens, numa escola que se quer promotora da democracia.

Sem comentários:

Publicar um comentário